Congresso Técnico define metas para atuação da Apiesp

O 3° Congresso Técnico da Apiesp – Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público – realizado nos dias 27 e 28 de setembro, apresentou diretrizes, metas e ações para a atuação da Apiesp na Internacionalização, no Ensino, Pesquisa e Extensão, na Gestão Universitária e na Comunicação para o biênio 2018/2020.

O evento, que contou com a participação dos reitores da UEL, Sérgio Carlos de Carvalho; da UEM, Júlio César Damasceno; da UEPG, Miguel Sanches Neto; da Unioeste, Paulo Sergio Wolff; da Unicentro, Aldo Nelson Bona; da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan; e da Unespar, Antonio Carlos Aleixo, teve como tema norteador “O papel da Apiesp frente aos desafios do contexto atual”.
A primeira mesa do evento foi composta pelos reitores que apresentaram suas perspectivas em relação as universidades estaduais e o trabalho a ser desempenhado pela Apiesp por meio do tema “Entraves na gestão das universidades estaduais: o papel da Apiesp frente aos desafios apresentados pelo contexto atual. Diretrizes e metas para atuação da Associação no biênio 2018-2020”.

Questões como a crise de pessoal e de orçamento das Universidades, a necessidade de repensar a finalidade da Instituições de Ensino Superior Público e seu modelo de gestão e o papel de seus gestores foram assuntos convergentes na fala dos reitores, que trataram ainda de temas como responsabilidade social e necessidade de melhor diálogo com outras esferas do Governo.

Para a presidente da Apiesp, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, o Congresso realizado pela Associação foi um momento importante para que a Apiesp pudesse traçar diretrizes e metas para sua atuação nos próximos dois anos. “Tivemos um ótimo resultado após os trabalhos realizados nesses dois dias. Sabemos que há muito a ser feito, mas temos um norte após esse Congresso. Eventos como este nos qualificam para buscar realizar as ações necessárias para fortalecer nossas universidades”, destacou a presidente. “Quero destacar, de maneira especial, o apoio financeiro da Fundação Araucária que viabilizou a realização desse evento”, agradeceu Fátima.

Durante o Congresso, foram formados quatro grupos de trabalhos que trataram dos temas Gestão Universitária; Internacionalização; Ensino, Pesquisa e Extensão; Gestão Universitária e Comunicação. Dentre as metas destacadas pelos grupos, destaca-se o pedido para elaboração de uma política Estadual de Gestão de Ensino Superior, visando diminuir as assimetrias e elaboração de parâmetros balizadores para gestão de recursos humanos e recursos financeiros.

Outras necessidades apontadas pelos grupos de trabalhos foram sobre a necessidade de a Apiesp atuar de maneira mais proativa nos pleitos pelos direitos e em defesa das Universidades, assim como buscar superar o “isolacionismo” das universidades, além de estabelecer maior diálogo político.

Para a internacionalização, foi proposto pelo grupo de trabalho que a Apiesp possa proporcionar maior visibilidade às IES do Paraná, via câmara de internacionalização, perante órgãos Nacionais e Internacionais, possibilitando a filiação e participação em feiras e eventos internacionais. O grupo propôs ainda alteração e atualização do Estatuto da APIESP, para inclusão da câmara da internacionalização para o desenvolvimento de um plano de internacionalização da APIESP para o Estado. Dentre as ações propostas na área de Comunicação, está a realização de um plano para criar diretrizes de trabalhos a serem realizados e produção de materiais institucionais para as Universidades.

No evento, foi assinado pelos reitores das Universidades Estaduais Termo de Cooperação – Paraná Fala Idiomas / inglês e Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *